segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Gideão

"Os homens de Israel disseram a Gideão: Você nos salvou dos midianitas. Portanto, seja nosso governador. E, depois de você, o seu filho e o seu neto. Gideão respondeu: Eu não serei governador de vocês, e o meu filho também não. O SENHOR Deus é quem será o governador de vocês. [...] Com o ouro Gideão fez um ídolo e o colocou em Ofra, a sua cidade. Então todos os israelitas abandonaram a Deus e iam lá para adorar o ídolo. E isso foi uma armadilha para Gideão e a sua gente."

Juízes 8:22-23 e 27

Quem não conhece a história de Gideão e seus 300 soldados? Uma história de glória e vitória!

Nesta semana me deparei com a história de Gideão e no início o achei um homem cheio de Deus, que no meio de tanta idolatria, se levantou em nome do Senhor e destruiu os altares de Baal e os postes-ídolos. Em nome do Senhor, com apenas 300 homens derrotou os midianitas.

Mas hoje, continuando a história, cheguei no capítulo 8 e 9 de Juízes. O mesmo Gideão que nos versículos 22 e 23 do capítulo 8, não aceitou ser governador e declarou o reinado do SENHOR, no versículo 27 construiu um ídolo que fez com que todos os israelitas abandonassem ao SENHOR.

Fiquei chocada, não conhecia este lado da história. Uma revolta rondou o meu coração: "Como foi possível ele ter feito isso?". Uma indignação tomou conta de mim e não conseguindo me calar, expus isso ao meu Senhor.

Então, olhando para dentro de mim, me lembrei da podre humanidade que consome todos nós seres humanos. Nos esquecemos com tanta facilidade de quem é o nosso Deus! Em um momento estamos O adorando, e logo, não tarde, estamos nos prostituindo com paixões mundanas. Não chegamos a construir ídolos de ouro como Gideão, mas em nosso coração, construímos vários altares e colocamos "qualquer um" como ídolos da nossa vida.



Ah Senhor, como pode nos amar sabendo que somos assim? Como me envergonho de possuir esta natureza tão maltrapilha. Dependo do Teu Espírito Santo em mim, para que eu não caia como Gideão. Não Senhor, não quero construir ídolos e os colocar no Teu altar. Só Tu és SENHOR! Tu és o único Deus, o Todo Poderoso, Senhor dos Exércitos. O meu Senhor e o meu Salvador!

Que em meu coração haja apenas um altar, o Teu altar! E que neste altar, todos os dias, eu possa me apresentar a Ti como um sacrifício vivo, santo e agradável a Ti.

"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno." - Salmo 139:23 e 24.

Uma ótima semana a todos.
Deus nos abençoe sempre mais e mais.
Bjs
Jubyss

3 comentários:

Pri C. Figueira disse...

Ahhh que palavra linda!!
Sabe, ler tuas palavras me fez parar e pensar... quantas vezes fazemos isso!? As vezes condenamos tanto a idolatria, entretanto colocamos outras coisas em primeiro lugar, onde deveria ser do Senhor!!!!!
Temos tempo para tudo, mas para estra diante Dele sempre nos falta... isso pq muitas vezes Ele não está em primeiro lugar!!!
Misericórdia Senhor...

"Sou pobre, cego e nu e nada de valor tenho a oferecer, mas tudo que tenho te dou e me ajuda DEus a permanecer em Ti e buscando antes de qualquer coisa TU DEUS!"

Beijos minha amiga!!

Com carinhos,
Pri.

Fran disse...

Jú...Demais...Li este texto para o Davi...Muito bom....Deus abençõe, espero que você esteje melhor...Bjussssssss

Anônimo disse...

Ola Juliane,
A sua experiência se repetiu comigo. E exatamente como você, eu estava atônito com essa passagem. Digo que foi muito bom encontrar o teu depoimento, compartilho, e, peço a Deus que nos abençoe a todos, que nos de esse entendimento e que jamais consinta que sejamos tão tolos iludidos assim.
Sidney