quarta-feira, 28 de abril de 2010

Te perceber...

"Por que estás abatida, ó minha alma? Por que te perturbas dentro de mim? Espera em Deus, pois ainda o louvarei, a Ele, meu auxílio e Deus meu."

- Salmo 42:5


As Tuas obras ao meu redor me fazem lembrar que o Teu amor é para sempre!


.......

Como não Te percebi...
Como posso tirar meus olhos de Ti?
Como sou teimosa, teimosa por achar que outra coisa ou outro alguém pode me fazer tão bem como Tu me fazes!

Tu és o único e grande amor.
Nossa história é antiga. Tivemos alguns desencontros (e eu assumo a culpa de todos eles), mas sempre me encontra, sempre cativas o meu coração!

Meu Amado, quero Te amar mais.
Que ter um coração só para Ti.
Me deslumbrar com a Tua beleza e formosura expressa ao meu redor.

Cativas o meu coração.
Sou Tua, sou Tua óh meu Deus, para sempre!

Estou em mim um coração de Noiva apaixonada por Ti.
Bjs

Jubys

quinta-feira, 22 de abril de 2010

A metafísica do amor

"Para que vocês também tenham comunhão conosco. Nossa comunhão é com o Pai e Seu Filho Jesus Cristo" ( 1 João 1:3). O "ponto crucial" ou o resultado prático do paradoxo teológico da encarnação é a oportunidade religiosa de relação, ou intimidade, com a Realidade suprema. Essa é a solução mais radiacal para o problema fundamental da metafísica: como conhecer o Ser. O Ser ("Sou") também se tornou pessoa ("Eu"), e constata-se que o conhecimento é casamento! O objeto da metafísica propôs casamento ao metafísico. Isso é algo totalmente inesperado, como se Newton, ao descobrir a gravidade, tivesse ouvido uma voz vinda de toda a gravidade do universo: "Você quer se casar comigo?" É como se o quadrado da hipotenusa declarasse estar apaixonado por Pitágoras. Apenas o amor poderia motivar essa loucura. Os braços estendidos de Cristo na cruz são a resposta de Deus à nossa pergunta infantil: "Quanto você me ama?"; "Esse tanto!" Quão grande é essa extensão? É a distância entre o céu e a terra que foi transposta pela encarnação, e era a distância entre o céu e o inferno que foi transposta pela nossa salvação. Cristo é a revelação, ou a realidade, suprema de Deus, do mais supremo segredo da metafísica. A busca metafísica do homem encontra sua realização terrena final no Gólgota, o "lugar da Caveira", no qual o mundo assistiu ao mais dramático evento da história: a morte e a vida travando um combate milagroso. A vida não venceu a morte pela força, mas pelo amor. O pequeno Cordeiro derrotou a grande besta usando sua arma secreta: seu sangue, seu amor. Ele deixou a besta, como um Drácula invertido, beber seu sangue. Ele poderia nos redimir com uma gota de sangue; por que sofreu uma morte tão sangrenta? Porque tinha mais sangue para dar. Para escandalo dos estudiosos, a resposta de Deus a nossa busca metafísica não é um conceito nem um símbolo mítico, mas essa obra. Você consegue ver a natureza da realidade suprema quando olha para um crucifixo. Há mais sabedoria metafísica no olhar sincero de uma única criança cristã qua nas mais altas experiências místicas do sábio ou do guru, e que no mais excelente dos sistemas filosóficos de um Platão ou de um Aristóteles. Eles podem conhecer a experiência do Ser ou o conceito do Ser, mas a criança cristã vê a face do Ser.

Texto extraido do livro: "Jesus, o maior filósofo que já existiu"
- Peter Kreeft.

domingo, 18 de abril de 2010

Deus é BOM!

"Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração."

Salmo 73:1

Na maioria das vezes não entendemos o real significado das palavras, ou apenas damos apenas um dos vários significados que ela possui.

O que significa para nós ser bom?

Em meu conceito era algo legal, que não tem mal nenhum, apenas o bem.

Mas, impulsionada pelo Espírito, fui procurar no dicionário Aurélio o que significa BOM. Eis o resultado da pesquisa:

[Do lat. bonu.]

1.Que tem todas as qualidades adequadas à sua natureza ou função.
2.Benévolo, bondoso, benigno.
3.Misericordioso, caritativo.
4.Rigoroso no cumprimento de suas obrigações.
5.Que alcançou alto grau de proficiência; eficiente, competente, hábil.
6.Digno de crédito; seguro, garantido.
7.Que funciona bem (órgão ou aparelho).
8.Próprio, adequado.
9.Favorável, lucrativo, proveitoso.
10.Perfeito, completo.
11.Grande, amplo.
12.Agradável, aprazível.
13.Afável, cortês.
14.Gostoso, saboroso.
15.Válido, legal.
16.Bras. Pop. Muito disposto; corajoso, valente, bravo.
17.Tem, por vezes, um sentido intensivo, reforçando a ideia contida no substantivo ou na expressão que antecede.
18.Antecedido da prep. a e seguido de verbo no infinitivo (com valor de substantivo), dá ideia da intensidade com que se realiza o fato indicado pelo verbo.
19.Bras. Homem honrado, virtuoso.
20.Exprime admiração, aprovação, surpresa, incredulidade, etc.

Como ficou a sua compreensão do versículo acima citado, depois de saber o significado dessa palavra? Você consegue entender o que o salmista quis dizer quando disse que DEUS É BOM? Você consegue entender a profundidade dessas palavras?

O curioso é que, se continuarmos lendo o salmo 73, veremos a indignação do salmista quanto a prosperidade os ímpios. Ele vê os ímpios prosperarem, mas ele, que se manteve com o coração puro, enfrenta lutas sem fim.

Mas apesar de toda essa indignação ele possui uma certeza: DEUS É BOM! E é firme nesta certeza que ele pode contemplar o futuro dos ímpios, a justiça do Senhor.

Muitas vezes olhamos para as circunstâncias, para as pessoas ao nosso redor e vemos muitos ímpios prosperando e nós, que estamos sempre aos pés do Senhor, não cessamos de enfrentar provas e mais provas. Mas alegrem-se, pois existe uma certeza: DEUS É BOM. E a Sua bondade dura para sempre!

Nele estamos seguros, nEle podemos descansar e confiar. Pois Ele é BOM!

Que o doce Espírito Santo de Deus venha revelar aos nossos corações a profundidade destas palavras e que Ele nos ajude a permanecermos com os corações puros e as mãos limpas.

Uma ótima semana,
fiquem com Deus.

Bjs,
Jubyss

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Por esta causa me ponho de joelhos...

" Por esta causa, me ponho de joelhos diante do Pai, de quem toma o nome toda família, tanto no céu como sobre a terra, para que, segundo a riqueza da sua glória, vos conceda que sejais fortalecidos com poder, mediante o seu Espírito no homem interior; e, assim, habite Cristo no vosso coração, pela fé, estando vós arraigados e alicerçados em amor, a fim de poderdes compreender, com todos os santos, qual é a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade e conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento, para que sejais tomados de toda a plenitude de Deus. Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém!"

- Efésios 3: 14-21


Fazem mais ou menos dois meses desde que ouvi a primeira vez uma palavra com enfoque nesses versículos. Depois disso, essas palavras não se calaram dentro do meu coração.

No último mês passei por momentos tensos, tive que tomar "decisões decisivas". Enfrentar meu pior inimigo: o meu EU. Em alguns momentos pensei que tudo havia se perdido, que não existia mais esperança.

Mas existe algo que é eterno. Que é imutável, que independe de mim. O AMOR DO PAI.

Sabe quando o favor é bom demais e precisamos provar, para ver se é de verdade?
Então, tentei fazer isso com Deus e acabei constrangida pela tamanha graça do Seu amor. Ele não precisa ser provado, nós é que precisamos, pois em nossa capacidade humana, Ele é inexplicável.

O resultado disso foi que hoje me encontro mais apaixonada, enamorada por Ele. Mas, essas palavras dos versículos acima não se calaram dentro de mim: afinal, qual é a causa pela qual me coloco de joelhos diante do Pai?

Sei que não sou boa. Sei a pecadora miserável que sou. Sei também o quão interesseira e egoísta posso me tornar. Mas será que até o meu amor por Ele não é amor de verdade? Será que as minhas buscas não foram simplesmente para O encontrar?

Na maioria das vezes fui sim essa "monstra". Mas...

... sei que os meus melhores momentos foram quando me esqueci de tudo ao meu redor. Dos sonhos desejados e frustrados, das aflições, dos medos, dos anseios, e simplesmente contemplei Sua beleza e formosura! Quando me embriaguei da Sua glória, do Seu amor. Quando as palavras não foram suficientes e a solitude foi a minha única declaração.

Se formos colocar tudo no papel, infelizmente as falsas buscas irão ganhar.

Mas, como o salmista diz: "Um dia em Teus altares valem mais que mil"

Nesse raciocínio, os dias que passei na Tua presença foram mais que os dias da minha vida toda!

Papito,
Não deixe o meu amor se esfriar. Habita em mim, minha vida é Tua!

"Eu sou do meu Amado, e o meu Amado é meu!"

Eu Te amo, meu Deus. Eu Te amo para sempre, sempre e sempre!

Bjs,
Jubyss