quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Clamo a Ti, Senhor!




"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes."
- Jeremias 33:3
Clamor
Coração perdido
Socorro!
Como uma criança que busca a mão do Pai em meio a tantas coisas e lugares desconhecidos
Assim o meu coração clama a Ti, desesperado pela Tua mão segurando a minha!
O desconhecido me rodeia, os medos tentam me paralisar
Mas sei que estás por perto!
Sinto Tua presença.
O Senhor segurou minha mão e me escondeu nos Teus braços
O Teu colo me protege
O Teu abraço me dá paz e segurança!
Sei que contigo posso prosseguir
Sei que em Ti estou segura, nada e ninguém podem me fazer mal
Porque o meu Pai está comigo!
Às vezes, a escuridão da floresta fechada parece ser tão densa
Tudo parece ser maior do que eu
E me impedem de ver o que está a seguir.
Realmente não sei até quando a noite vai durar...
Não sei até quando terei que caminhar sozinha...
Por esses caminhos tão cheios de pedras e armadilhas...
Mas a Tua presença me diz para confiar!
Prosseguir, continuar, perseverar!
Mesmo que eu não entenda...
O caminho é o certo...
O Senhor está me conduzindo...
E um dia chegarei ao lar!
E toda lágrima será enxugada.
Toda tristeza transformada em alegria!
E viverei na plenitude do Teu amor, para sempre!
Te amo, meu Deus.
Cuide do meu coração.
Guarda-me e proteja-me como um jardim secreto, regado e cuidado por Ti!
"Não deixe o meu amor se esfriar
Acende o fogo em mim
Nem a visão morrer, clamando estou
Acende o fogo em mim
Meu ser, meu coração você conhece
Acende o fogo outra vez
Oh! vem me corrigir com teu amor
Acenda o fogo outra vez
Refinado serei, precioso metal
Pobre e nu, humilhado estou
Vem me ornar, não me envergonharei
Acende o fogo em mim!"

Acende o Fogo em Mim - David Quinlam

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Vencedores, apesar de...



"Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou."

Romanos 8:37



Somos realmente conquistadores apesar de “tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada”?
Sim! Esta é a máxima segurança cristã.
Nada pode nos separar do amor de Deus em Cristo.
O Maligno e seus aliados podem matar nossos corpos, arruinar nossas finanças, destruir nossos corpos com dor e procurar destruir nossos relacionamentos.
Porém, o Maligno não pode ter nossos corações quando estão entregues a Jesus.
Quando nossos corações pertencem a Jesus, nosso futuro também pertence a Jesus.
O túmulo vazio de Jesus nos assegura que o nosso futuro com ele será glorioso, vitorioso e sem fim.



Dá-me olhos para ver, Ó Deus, e um coração para crer que a vitória de Jesus sobre a morte é minha vitória também! Não quero ser desviado da minha esperança, fé e amor pelas dificuldades da vida. Ao invés disso, quero ser uma testemunha viva ao seu poder, vitória e graça. No nome de Jesus, e para a glória dele, eu vivo e oro. Amém.


http://www.iluminalma.com.br/dph/2/1112.html

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Como a árvore...


"Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR.
Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto."
- Jeremias 17:7 e 8

Como seria possível experimentar da Tua fidelidade se o impossível não fizesse parte do nosso cotidiano?

Se não existisse momentos de total entrega e confiança?

Como poderiamos vencer se a derrota não estivesse tão perto de nós?

É quando tudo está perdido...

Quando a solidão toma conta do coração...

Quando parece que não existe mais caminho pela frente...

Que os sonhos são simplesmente sonhos

Que a realidade é bem diferente do que imaginamos

É nessas horas que o feio se torna belo

Que o amargo se torna doce

E os sonhos se tornam a esperança!

O coração está abalado

Mas a fé...

Confiante nas Tua promessas!

Grata pelas Tuas surpresas

Pelo Teu amor

Teu cuidado!

O que seria de mim sem a Tua presença?

Tu és a melodia das notas sem sentindo que a vida teima em tocar

O perfume da chuva após a tempestade

Tu és a razão pela qual eu vivo e continuo seguindo!

Eu te amo, meu Deus!

Olha para mim e NUNCA desista de mim!

Preciso de Ti, Rocha Minha!