quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Como a árvore...


"Bendito o homem que confia no SENHOR, e cuja confiança é o SENHOR.
Porque será como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro, e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano de sequidão não se afadiga, nem deixa de dar fruto."
- Jeremias 17:7 e 8

Como seria possível experimentar da Tua fidelidade se o impossível não fizesse parte do nosso cotidiano?

Se não existisse momentos de total entrega e confiança?

Como poderiamos vencer se a derrota não estivesse tão perto de nós?

É quando tudo está perdido...

Quando a solidão toma conta do coração...

Quando parece que não existe mais caminho pela frente...

Que os sonhos são simplesmente sonhos

Que a realidade é bem diferente do que imaginamos

É nessas horas que o feio se torna belo

Que o amargo se torna doce

E os sonhos se tornam a esperança!

O coração está abalado

Mas a fé...

Confiante nas Tua promessas!

Grata pelas Tuas surpresas

Pelo Teu amor

Teu cuidado!

O que seria de mim sem a Tua presença?

Tu és a melodia das notas sem sentindo que a vida teima em tocar

O perfume da chuva após a tempestade

Tu és a razão pela qual eu vivo e continuo seguindo!

Eu te amo, meu Deus!

Olha para mim e NUNCA desista de mim!

Preciso de Ti, Rocha Minha!


Nenhum comentário: