terça-feira, 15 de setembro de 2009

Sinto falta...

Tento não olhar para a distância que nos separa, nem para o tempo que passa sem nos pedir permissão para passar. Tento ignorar a saudade que lateje dentro do meu peito, mas isto é inevitável! Essa dor existe e faz questão de provar que ela está lá. Não pode ser ignorada, não pode ser apaziguada... O tempo nos ajuda a distrair e por alguns momentos inseridos na rotina corriqueira, nos distrai da realidade nada fácil. Espero que nossos planos dêem certo, pois a falta que vocês fazem as vezes dói demais. Peço todos os dias para que Deus me ajude a passar por isso aprovada! Quero de todo coração enxergar com os olhos dEle, pois eu sei, que apesar de tudo "todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus". Esta é a minha promessa, a palavra em que eu me apego e que não me faz desistir.



Senhor, está doendo muito. Eu sei que já não era mais para ser assim, era para eu estar acostumada, mas parece tão difícil me acostumar. Segura a minha mão e faça com que tudo dê certo para o final do ano, preciso muito disso. Obrigada pela Tua companhia, tens cuidado de mim de uma maneira inexplicável. Te amo tanto! Console, mais uma vez, o meu triste coração. Enxugue as lágrimas que teimam a cair. Faça-o lembrar, que os Teus planos são de paz e não de mal!

Bjss,
Jubyss

[Romanos 8:28 e Jeremias 29:11]

3 comentários:

bru. disse...

cara, essa primeira parte caiu muito bem pra mim :/
distância é uma das piores coisas...

eu amo você jubys, um beijo :*

Pri C. Figueira disse...

Saudade...não tem nem o que comentar, vc disse tudo! Melhor saudade não se explica, se sente...
Apenas faço da sua a minha oração!!

Bjus, te amo minha amiga virtual!

Jackson Aráujo disse...

Nossa...
Essa primeira parte se encaxou muito bem no que tô vivendo!!
Saudades... é dificil... acho que o sentimento mais dificil de ser explicado apenas sentimos!!

p.s: Fiquei sumido um tempo da blogosphera e já tava com saudades dos seus textos!

BEijo